10 abril 2009

PROGRAMAÇÃO PASCOALINA DO APOSTOLADO!

Dentro dos ditames do Apostolado de Pedro, o Patriarca, em consenso unitário, definiu a programação para os dias pascoais, sempre lembrando que o braziu foi encontrado na quarta-feira seguinte a Páscoa do ano de 1500.
Por isso chamaram o Monte de Pascoal.
Era para Pedro Gouveia chegar no dia 15 de Abril, a tempo de comemorar a Páscoa em terra firme, mas como se atrasou e chegou somente no dia 22 não encontrou o coelhinho, não comemorou o dia do Índio e não viu a morte de Tiradentes e Tancredo.
Talvez tenha ido ao velório.
Esclarecimentos perfunctórios feitos vamos à programação deste ano.
Quinta-feira – Levantar cedo, passear pela cidade e ver os outros trabalhar.. Depois de lavar os pés na praia antes de todo mundo.
Antigamente, a Quinta-feira Santa era feriado...
Depois passou a ponto facultativo...
E agora nos tempos neoliberais dos trabalhadores?
Quase todo mundo no batente, menos eles o Legislativo e o Judiciário como de praxe.
Ui! Que delícia passar nos bancos, nas repartições públicas e ver o mau humor do pessoal.
Sexta-feira - Seguindo os conselhos de D.Paulo Evaristo, os Apóstolos podem preparar um churrasquinho de gato na laje regado a pagode e cerveja de latinha.
Não é lenda!...
À época das vacas magras, o Arcebispo de St.Paul, desejando criticar o governo sobre a pobreza e a fome, ao ser perguntado sobre o consumo de carne vermelha na sexta feira santa, respondeu que se algum pobre conseguisse comprar carne no braziu poderia comê-la qualquer dia...
As vacas continuam magras, portanto o apostolo que puder comprar carne, manda ver...
E cá entre nós, Yoshua não estava falando da abstinência dessa carne...
O Patriarca deglutirá uma bela picanha, acompanhada de frisante e música de qualidade, mas estará pensado em todos seus Apóstolos.
Para quem não quiser carne fresca pode ficar com o bacalhau da sogra...
Sábado – Pela manhã dar uma passadinha na Baixada do Glicério e ver os atos de vandalismo da malhação de Judas, o Iscariotes...
Nada de ir bater em São Judas Tadeu...
Depois encher a cara, dormir no sofá e, à noite, ir ao Baile de Aleluia.
Domingo – Pela manhã recuperar-se da ressaca e se entupir de chocolate.
No almoço podem ir a um rodízio pegar fila...
À tarde assistir o culto do Manto Sagrado...
Segunda-feira (antiga Pascoela) – levantar cedo, pegar fila no transporte coletivo e ir para o batente...
O Patriarca dormirá até as 10 horas que não é de ferro...
Boa Páscoa!
Coelhinho da Páscoa que trazes para mim?
Um carnê, uns boletos, umas “coisas” afim!

Um comentário:

A Senhora disse...

Sexta-feira - acabei de voltar de uma caminhada no Horto Florestal.
Daqui a pouco vou descobrir o que tem na geladeira para eu fazer, ou requentar, para eles. Bacalhau, nem morta!
Sábado - dormir até tarde. Talvez faça uma carne, mesmo. Mesmo porque, nunca sei o que tem na geladeira para se fazer.
Domingo - Fora! Nem pensar em entrar em cozinha! Me recuso!

Credo! Parece que eu vivo na cozinha! Desse jeito vou virar uma baleia! Ops! Baleia é peixe? :)