08 abril 2009

GUERRA DE TRAVESSEIROS


Protesto...
Isso é plágio de ideia...
Já contei que fui chamado à direção da escola de meu filho porque chamava a brincadeira de lutar com travesseiros de “cobrir de porrada”...
Perdi mais uma atividade super interessante realizada em St.Paul...
Guerra de travesseiros no Parque do Ibirapuera...
Parecia briga de galinheiro...
Voou pena para todo lado!
Ah! Os travesseiros não eram de penas...
De quem eram as penas, então?
Não precisa responder...
O evento foi um álibi perfeito para muita gente...
O marido da Zelinda saiu de casa na sexta à noite e só voltou no domingo, com a cara toda amassada...
Disse que foi das travesseiradas...
Conhecendo a figura, esteve, sim, em outros travesseiros...
Por outro lado, o Juvenal disse que nem percebeu que dentro do travesseiro com que ele bateu na cabeça da mulher havia um halteres de dois quilos...
Ela está num P.S da periferia se recuperando da fratura no malar...
A Leninha e o Marcelinho, dois adolescentes aqui do bairro, pegaram seus travesseiros, pijamas e camisolinhas e disseram que iam para a batalha.
Só voltaram no domingo à tarde...
Já o coitado do Anselmo não tem sorte...
Foi filmado por uma emissora de TV.
Sua namorada não gostou do entusiasmo com que rolava pelo gramado com uma outra moça...
Sem um único travesseiro...
Fiquei matutando, sem zíperes, nem botões, debaixo dos lençóis sobre os eventos que há em St. Paul...
Ciclistas pelados, passeata gay, guerra de travesseiros, passeata da maconha...
Já pensaram juntar tudo num evento só...
Te cuida, Woodstock!


------------------------------------------------------------------------------
N.A - Para não comprometer ninguém as fotos não são do evento no braziu...

Um comentário:

A Senhora disse...

Existe um blog na minha lista "Guerra de Travesseiro". Nunca foi tão visitado quanto nos dias que se antecederam e nos dois dias posteriores!
O blog, depois eles descobriram, é erótico. :))