27 julho 2010

BRASILEIRAS BUNDUDAS...

Rita Lee!
Meu acuda, minha santa!
A mulher brasileira está Mutante...
Pagu não é mais aquela.
Você disse e eu acreditei que nem toda concidadã era só bunda.
Democraticamente, passei a olhar para outras partes...
Deu na imprensa, na primeira página de um jornal “segunda linha” em St.Paul:
Fábricas de lingerie percebem o aumento das proeminências e mudam a forma.
Até do fio dental?
Hum...
Será efeito da “palmadinha na infância”, em fase de proibição?
Tapinha não dói, mas aumenta?
Já sei! Por isso temos tantos “bundões” em “terras brazilis”?
Menino costuma apanhar muito.
Meninas nem tanto.
Na infância...
Apanham depois de grandinhas...
Algumas de ficar corcunda.
E têm que ser mais macho que muito homem para sobreviverem.
Essas não saem nas primeiras páginas.

2 comentários:

Toninho Moura disse...

Neste país bunda só tem bundão e bunduda.

izildinha disse...

Poeta,tu sempre diz muito mais do que o rastro que deixa nas entrelinhas.
Parabéns!